Carrinho0Item(s)

Nenhum produto no carrinho.

Product was successfully added to your shopping cart.


Outubro Rosa é uma campanha de conscientização que tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e o câncer de colo de útero.

O Sr. Chinelo realiza Doações todos os meses ao Hospital de Amor (Hospital de Câncer de Barretos), referência no tratamento de câncer no Brasil.

Neste mês de Outubro, com a sua ajuda, aumentaremos a nossa Doação!
Adicionaremos R$1 para cada pedido realizado durante este mês à nossa doação mensal!

Colabore com essa causa! É só realizar um pedido de qualquer valor e você já estará ajudando!


"Quem ajuda o próximo não está apenas ajudando uma pessoa, está construindo um mundo melhor"

Nos últimos anos o Sr. Chinelo realizou várias campanhas do Outubro Rosa e juntos já conseguimos doar um montante de mais de R$13mil.

O Hospital sempre nos envia cartas de agradecimento pelas campanhas realizadas e você pode conferi-las abaixo:





Agradecemos à todos os clientes que participam todos os anos conosco e colaboraram com uma causa que é tão importante e tão nobre.

Um pouco sobre o Outubro Rosa e o Câncer de Mama

Outubro Rosa é um movimento de conscientização, que tem como principal objetivo alertar toda a sociedade, em especial as mulheres, sobre a importância da prevenção do câncer de mama e recentemente sobre o câncer de colo de útero.

O câncer de mama é uma doença que ocorre mais em mulheres e há alguns fatores que podem estimular a doença. A idade é um dos mais importantes deles, onde cerca de quatro a cada 5 casos ocorrem após os 50 anos. Alguns fatores comportamentais podem estimular o surgimento da doença, como obesidade, sedentarismo e consumo de bebida alcoólica. A longa exposição aos hormônios femininos, mulheres que não tiverem filhos ou tiveram o primeiro filho após os 35 anos, não amamentaram, fizeram uso de reposição hormonal (principalmente com estrogênio-progesterona), menstruaram muito cedo (antes dos 12 anos) ou entraram mais tarde em menopausa (após os 50 anos), estão mais propensas a desenvolver a doença. Outro fator de risco importante é o histórico familiar e a mutação genética dos genes BRCA1 e BRCA2. É importante ressaltar também que a presença de um ou mais fatores não significa que a mulher necessariamente terá a doença.

A prevenção é a melhor atitude contra a doença. Conhecer o seu próprio corpo, o que é normal e quais alterações podem ser consideradas suspeitas, é fundamental para a detecção precoce da doença.

Além de estar atenta ao próprio corpo, também é recomendado que a mulher faça exames de rotina de acordo com a sua idade. Esses exames podem ajudar na detecção precoce da doença, aumentando as chances de um tratamento menos agressivo e altas taxas de sucesso. No Brasil, o Ministério da Saúde recomenda que a mamografia seja realizada a cada dois anos para mulheres entre 50 a 69 anos. Mulheres com risco elevado de câncer de mama ou colo de útero, devem conversar com seu médico para avaliação de risco e decisão da conduta a ser adotada.

Referências:
Instituto Nacional de Câncer
Ministério da Saúde
Estação Saúde – Educação e Cultura Ltda


Conheça o trabalho realizado no Hospital de Amor em Barretos/SP